Paço das Artes pode ter novo lar no Bom Retiro

Por SILAS MARTÍ

Despejado de sua sede na Cidade Universitária em março, o Paço das Artes deverá se mudar para os galpões do Museu de Saúde Pública Emílio Ribas, no Bom Retiro.

Já estão avançadas as negociações entre a Secretaria de Estado da Cultura, responsável pelo museu, e a Secretaria da Saúde, dona dos imóveis no centro. A mudança definitiva, no entanto, depende de reformas que serão feitas ali.

Isso vem depois que esfriaram as conversas sobre levar o Paço das Artes para a Praça Victor Civita, em Pinheiros.

plastico_david

Pedro David O fotógrafo que tem obras na coleção do MAM e do Quai Branly, em Paris, abre mostra na Blau Projects, em São Paulo, no dia 11 de junho.

Ninguém me quer Terminaram sem candidatos as duas primeiras etapas para a eleição do novo diretor do Museu de Arte Contemporânea da USP, que deve substituir a interina Kátia Canton.

Nenhum dos professores ligados à instituição, os únicos que poderiam se apresentar na atual etapa do processo, se candidatou. Numa reunião na semana passada, docentes também deixaram claro que esperam alguém de fora para comandar o museu, que enfrenta uma grave crise financeira.

Entre os que vêm sendo cotados para o cargo estão os professores Martin Grossmann, Celso Favaretto e Edson Leite.

Troca de comando Solange Ferraz de Lima é a nova diretora do Museu Paulista, da USP.

Mudança à vista A Fortes Vilaça, uma das galerias mais poderosas do país, se prepara para mudar sua estrutura societária. Alexandre Gabriel, um dos diretores da casa, passará a figurar ao lado de Marcia Fortes e Alessandra d’Aloia como um dos donos da empresa.

Intimidade Entre os homens e mulheres nus nas pinturas da britânica Celia Hempton agora na mostra “Prediction”, em cartaz na Mendes Wood DM, estão dois dos sócios da galeria —Pedro Mendes e Felipe Dmab posaram para a artista.

O Museu de Arte Moderna do Rio em fotografia de Leonardo Finotti
O Museu de Arte Moderna do Rio em fotografia de Leonardo Finotti

Leonardo Finotti Uma visão do Rio construída a partir de seus prédios mais marcantes, entre eles o MAM, está na mostra que Leonardo Finotti, um dos maiores fotógrafos de arquitetura do país, abre no dia 4 de junho no Museu da Casa Brasileira.