Obras de Ivens Machado são restauradas às pressas

Por SILAS MARTÍ

Obras do artista Ivens Machado, que morreu no ano passado, vêm se deteriorando por falta de conservação. Armazenadas num galpão na Baixada Fluminense, muitas peças chegaram a se desfazer. Uma delas teve de ser refeita do zero para a mostra do artista em cartaz agora no Pivô —o artista Lucas Simões recriou o trabalho com a ajuda da antiga assistente de Machado, Monica Grandchamp. A galeria Fortes Vilaça, que passa agora a representar o seu espólio, está apoiando o restauro e a catalogação de suas peças.

plastico_bartana

Vitória em neon Famosa pelo filme sobre a destruição  fictícia do templo de Salomão, da Igreja Universal, a artista Yael Bartana fará essa intervenção luminosa na Casa do Povo.

Fora? Alvo de protestos de artistas da Bienal de São Paulo, Michel Temer aparece na exposição como autor fictício de um trabalho, uma parede cor-de-rosa com rabiscos. A obra assinada “M. Temer” é, na verdade, um trabalho do americano Pope L., que além do muro levou fotografias de um baile de debutantes e uma caveira ao pavilhão. Ele planeja ainda uma “performance de resistência”, que deve durar 72 horas.

Próxima parada Escalada para a atual Bienal de São Paulo, Maria Thereza Alves estará também na Bienal de Charjah, marcada para o ano que vem. A mostra nos Emirados Árabes Unidos será organizada pela libanesa Christine Tohmé.

‘Vernissão’ Pânico dos galeristas, penetras de vernissages vêm usando grupos nas redes sociais para informar sobre aberturas de mostras com bebida e comida de graça. A artista Valeska Soares, que acaba de abrir uma exposição na Fortes Vilaça, dizia que é bom chegar cedo, para evitar a hora do “vernissão”.

plastico_soares

Tal mãe, tal filha Mãe de Valeska, Teresinha Soares também é artista e terá, no ano que vem, uma mostra no Masp. No ano passado, ela participou da mostra da Tate, em Londres, dedicada à arte pop internacional.

Adeus Depois de 14 anos na galeria, Emmanuel Nassar não é mais representado pela Millan.

 

FJ_0716 001

Flávia Junqueira A artista volta a refletir sobre as agruras da infância em sua nova série em que aparece contracenando com um Mickey gigante. Sua mostra individual começa no dia 15, na Zipper.