Bienalsur leva mestres a Buenos Aires em setembro

Por SILAS MARTÍ

Mais uma bienal engrossa o saturado calendário deste ano. A Bienalsur, que articula uma série de mostras em São Paulo, Rio, Madri, Santiago, Lima, Bogotá, entre outras capitais, quer se firmar como evento descentralizado, mas terá em Buenos Aires, em setembro, sua maior seleção.

Hans Ulrich Obrist faz por lá uma mostra com Christian Boltanski, Yoko Ono e Félix González-Torres. Também estarão na cidade exposições com Ernesto Neto, Cildo Meireles, Hélio Oiticica, Regina Silveira e a guatemalteca Regina José Galindo.

O céu é o limite Regina Silveira criou um ambiente imersivo em realidade aumentada para a mostra coletiva ‘Consciência Cibernética’, que o Itaú Cultural abre no dia 7 de junho.