Parada Gay junta Lea T e artista drag na Pinacoteca

Por SILAS MARTÍ

O artista Rodolpho Parigi vai ressuscitar seu alter ego drag queen, que não frequentava a noite paulistana há pelo menos dois anos. Toda de preto, Fancy Violence vai posar, no dia 16, como modelo vivo no átrio da Pinacoteca diante de 30 artistas que se inscreveram para fazer seu retrato.

No dia seguinte, ela faz uma visita guiada pela coleção permanente, destacando trabalhos que discutem questões de gênero. A ação integra a programação da Pinacoteca em torno da Parada Gay paulistana, marcada para o dia 18 deste mês.

Dentro do mesmo projeto, a modelo transexual Lea T comanda o Instagram do museu em paralelo à festa na Paulista.